06/06/14 - Abrasel apoia campanha "Não Desvie o Olhar" de combate a exploração sexual de crianças e adolescentes

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

Iniciativa mobiliza 17 países e no Brasil é coordenada pelo Conselho Nacional do SESI, com apoio da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Abrasel adere à causa e mobiliza bares e restaurantes das 12 cidades-sede da Copa do Mundo.

Com o aumento do número de turistas no Brasil, este ano, em função da Copa do Mundo, surge também o risco do crescimento de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Para reduzir a incidência deste problema, o Conselho Nacional do SESI e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) aderiram à campanha internacional "Não Desvie o Olhar", coordenada pela rede ECPAT (sigla do inglês End Child Prostitution And Trafficking – Fim da Prostituição e do Tráfico Infantil). A Abrasel também aderiu à causa e está mobilizando bares e restaurantes das 12 cidades-sede do Mundial para disseminação da iniciativa.

De aeronaves, aeroportos e hotéis, passando pelos táxis, bares e restaurantes, lá estará o alerta “Não Desvie o Olhar”: denuncie, proteja, vista essa camisa. O presidente do Conselho Nacional do SESI, Jair Meneguelli, destaca que a mensagem será replicada com sucesso em todo o país, não somente pela legitimidade de seus parceiros e apoiadores, mas, sobretudo pela forma como está sendo construída junto com a sociedade. “Esta não é uma campanha de uma ou mais instituições. É uma iniciativa que pretende envolver todas as camadas e setores da sociedade. Por isso, não será uma ação exclusiva da Copa. Mas, sim, uma ação permanente de proteção e valorização da juventude brasileira”, aposta Meneguelli.

Para alcançar os objetivos, a mensagem da campanha estará presente em todo o percurso a ser realizado pelos turistas, nacionais e internacionais, envolvendo, principalmente, o trade turístico que receberá esse torcedor. Entram aí os estabelecimentos de alimentação fora do lar, que, por meio de ação executada pelas seccionais Abrasel estão recebendo o material promocional da Campanha, que inclui bolachas de chope e adesivos de banheiro.

“Sem dúvida, bares e restaurantes serão ambientes de grande circulação de turistas durante a Copa do Mundo. Por isso faz todo sentido aproveitá-los enquanto vitrine para divulgação desta iniciativa. A Abrasel defende esta causa e acredita que a mobilização destes estabelecimentos é fundamental no processo de sensibilização da população em defesa das nossas crianças”, ressalta o presidente da Abrasel, Paulo Solmucci Junior.

A ação alertará os turistas nacionais e estrangeiros sobre o crime e as consequências judiciais que sofrerão no Brasil, e em seus países de origem, caso se envolvam com a exploração sexual de crianças e adolescentes. No Brasil, a ideia é incentivar cidadãos brasileiros e estrangeiros, mobilizados pelo Mundial, a denunciarem o crime da exploração sexual de crianças e adolescentes, ligando para o Disque 100.

Entre os apoiadores e garotos-propaganda da campanha estão também os jogadores Kaká, Juninho Pernambucano, a atriz Taís Araújo e o comentarista esportivo Arnaldo Cézar Coelho.

Além do Brasil, a campanha também será veiculada em 16 países da Europa, com aporte de recursos da União Europeia (UE): França, Holanda, Alemanha, Polônia, Luxemburgo, Suíça, Bulgária, Bélgica, Ucrânia, Espanha, Romênia, República Tcheca, Reino Unido, Estônia, Itália e Áustria.

Para mais informações sobre a campanha, acesse:

www.naodesvieoolhar.fnp.com.br | www.facebook.com/naodesvieoolhar

*Com informações da assessoria de imprensa do SESI