19/05/2014 - Garçons de Manaus poderão dobrar ganhos durante período da Copa do Mundo

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A Copa do Mundo será uma oportunidade para os garçons da capital amazonense incrementarem sua renda. Segundo informou, por meio da assessoria de imprensa, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Seccional Amazonas (Abrasel-AM) prevê que esses profissionais, que hoje recebem em torno de R$ 2 mil a R$ 2,5 mil, incluindo os valores das gorjetas, possam dobrar os seus ganhos no período do torneio mundial.

Para Joel Rocha Pereira, garçom há 33 anos, a porcentagem do aumento é imprevisível, mas acredita que será boa. “Quanto mais capacitado, maior será a chance do garçom receber boas gorjetas e dobrar o salário”, afirmou ao ressaltar que fez diversos cursos de atendimento ao turista, inclusive de inglês.

Outra que também está contando com um acréscimo no salário durante o mundial é a atendente do Chapeu Goiano, Geicy Chagas. Atualmente, ela participa de cursos e palestras de qualificação profissional para aperfeiçoar o atendimento aos visitantes. “Quando as pessoas são bem atendidas, elas voltam mais de uma vez ao local. Espero que o crescimento na minha renda chegue a 100%”, declarou.

 

Palestras

Joel e Geicy fizeram parte do grupo de garçons que participaram, na última semana, de uma palestra sobre a importância do tratamento adequado aos turistas, promovida pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), com o apoio da Abrasel-AM. Na ocasião, aproximadamente 140 garçons foram beneficiados com o treinamento realizado por uma consultora especializada em Hospitalidade.

De acordo com a gerente de interiorização do Turismo da Amazonastur, Kethlenn Porto, o projeto visa fazer com que o Estado se torne mais receptivo, sempre, e não apenas durante o período da Copa do Mundo.

“Proporcionamos uma qualificação a mais para esses profissionais, com o objetivo de estimulá-los a atender bem os turistas para que voltem numa próxima viagem trazendo sua família ou amigos. Dessa forma, todos serão beneficiados”, declarou.

 

Treinamento

Os garçons receberam também treinamento internacional, conforme informou a diretora executiva da Singulari Consultoria (empresa responsável pelas palestras), Luciana Jacob Nogueira.

Ela destacou que os consultores da Singulari têm experiência e vivência internacional, pois já trabalharam fora do Brasil e trouxeram conceitos aplicados nos parques da Disney e hoje empregados na realidade local.

“Os profissionais conhecem a diferença de como atender um europeu, um americano, dentre outros. Enfim, sairão preparados para receber cada cliente que comparecer no seu ambiente de trabalho, seja um turista nacional ou um estrangeiro”, concluiu a consultora.

 

Fonte: Amazonas em Tempo