14/04/2014 - Copa traz oportunidades no campo dos negócios

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

De olho na movimentação durante a Copa do Mundo, empresários veem chance de ganhar dinheiro. Ainda que Maringá (PR) não seja subsede, jogos devem reunir amigos em casa ou em bares/ restaurantes.

Maringá não será subsede da Copa do Mundo de 2014, mas isso não significa que o evento não movimentará a cidade. Afinal, o Brasil vai sediar a Copa e o futebol é uma paixão nacional. O País praticamente para em época de Copa - os torcedores se reúnem na casa de amigos ou em bares e restaurante para torcer pela vitória da seleção canarinho.

Durante a realização de jogos e comemorações, as cores verde e amarelo invadem as ruas. Camisetas, bonés e acessórios utilizados para, literalmente, fazer barulho, fazem parte do kit do torcedor que 'veste a camisa do time'. E pensando justamente nisso, empresas se preparam para atender esse público e ampliar os ganhos financeiros no período.

Bares e restaurantes não terão cadeiras sobrando nos dias de jogo, segundo o presidente da Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel) de Maringá, Marcelo Serafim. Ele, que é dono de um restaurante, conta que os funcionários já passaram por treinamento, porque a casa vai oferecer pratos típicos dos principais países que participarão da Copa.

"Teve treinamento oferecido pelo Sebrae, e todos puderam aproveitar. A expectativa é boa para o período", diz. Próximo aos dias de torneio, bares e restaurantes devem abrir vagas temporárias para garçons - oportunidade para quem está desempregado ou precisa de uma renda extra.

O clima de otimismo também contagia empresários do setor de som e locação de telão, enfim, empreendedores que querem aproveitar a maré para bater um bolão no campo dos negócios.

 

Expectativa

Segundo o diretor do Maringá Convention & Visitors Bureau, Fernando Rezende, mesmo que a cidade não tenha sido eleita como subsede, há uma mobilização para trazer a Maringá a FIFA Fan Fest™, festa gratuita que será realizada nas cidades-sede. "Vamos tentar trazer a Fan Fest para cá", diz. Outra ação que, segundo ele, será trabalhada, é a possibilidade de transmitir jogos da Copa no Estádio Willie Davids. "A expectativa é atrair gente da região", diz.

 

Produtos Oficiais

No caso da produção e venda de produtos oficiais da Copa do Mundo Fifa 2014, é preciso ter licenciamento.A Globo Marcas é quem avalia a empresa e concede o licencimento.

 

Do que o cliente precisa?

Segundo a consultora do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) Patrícia Valente Santini, Maringá não costuma receber eventos de grande porte por causa da estrutura, mas tem, com frequência, eventos de significativo porte, que movimentam o setor de turismo de negócios e a economia em geral.

Para ela, empreendedores podem se beneficiar com a vinda destes turistas se perceberem quem são essas pessoas. Vale lembrar que uma pesquisa realizada, no início do ano, pela Unicesumar Empresarial e divulgada recentemente para o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), mostra que 40% das pessoas que desembarcam no aeroporto de Maringá vêm a negócios. "É preciso perceber que esse turista tem uma necessidade especial. Eles têm um perfil diferente do habitual", diz a consultora. "Temos que abrir os olhos para perceber o que esse cliente precisa", completa.

Patrícia destaca que o turista de negócios é aquele que faz check-in em horário diferenciado, porque muitas vezes desembarca à noite e chega sem jantar. "É muito caro para um restaurante de hotel manter uma cozinha funcionando durantes 24 horas", diz. Se o turista está sem comer, ele vai procurar um restaurante, e é aí que um empreendedor pode sair ganhando. "Partindo deste ponto, conseguimos enxergar possibilidades de negócio. Nesse caso, pode haver uma movimentação de parceria entre restaurante e hotelaria", sugere.

Ela acrescenta que aqui esse tipo de serviço é novidade, mas que em centros maiores é comum que restaurantes ou lanchonetes tenham parcerias com hotéis para fazer entrega de marmitex gourmet e lanches, o que torna mais cômoda a estadia de um turista.

 

Fonte: O Diário *Para ler na íntegra acesse o site d'O Diário