30/12/2013 - Restaurantes, boates e hotéis paulistas ainda têm vagas para Réveillon

CLIPPING - NOTICIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAIS

Quem não se planejou para o Réveillon em São Paulo e preferem ficar longe da rua na hora da virada ainda consegue encomendar ceias ou mesmo achar festas fechadas com ingresso ainda à venda.

Os preços variam bastante. Uma das festas mais caras acontece no Terraço Itália (centro), onde para passar os primeiros momentos de 2014 no piano bar, olhando a Serra da Cantareira e ouvindo a cantora Izzy Gordon, é preciso desembolsar R$ 1.694.

O gerente André Marques explica que esse preço é mais alto por causa do serviço de buffet oferecido na noite.

Outra opção para os que aceitam pagar muito são as festas em hotéis de luxo. Homens que quiserem ir ao Réveillon do Tivoli Mofarrej (Cerqueira César) têm que pagar R$ 1.200, mulheres, R$ 1.000. O Grand Hyatt também organiza um evento.

No outro extremo da tabela de preços está a madrugada na casa noturna D-Edge (Barra Funda), que cobra R$ 50, com nome na lista. A boate, no entanto só abre à 1h.

O restaurante de comida nordestina Andrade (Pinheiros) cobra R$ 55 (sem direito a comida ou bebida) pela festa, onde duas bandas de forró irão se apresentar.

Outros restaurantes aceitam encomendas até no dia 31. No indiano Tandoor, por exemplo, há opção de menu especial de camarão picante (R$ 56,90) e carneiro desossado (R$ 45).

Fonte: Folha de São Paulo