19/12/13 - 8 startups que apostam no setor de alimentação fora do lar

CLIPPING - NOTICIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAIS

As empresas do ramo faturaram R$ 242,8 bilhões em 2012 e alcançaram crescimento de quase 300% nos últimos dez anos

O setor de alimentação fatura alto. Em 2012, essa indústria como um todo registrou ganhos de R$ 431,6 bilhões, sendo que a alimentação fora do lar responsável por R$ 242,8 bilhões. Nos últimos dez anos, o chamado food service cresceu quase 300% no país, segundo a ABIA (Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação).

Há algumas explicações para o fenômeno. Entre elas, a falta de tempo para preparar os alimentos em casa, a maior participação das mulheres no mercado de trabalho e o aumento no número de pessoas que moram sozinhas.

Pensando em atender esse público, empreendedores criam startups que suprem as necessidades de pessoas que acabam não cozinhando em casa. Veja abaixo oito startups que apostam no setor.

Chef House

Com um cardápio requintado composto por saladas que misturam ingredientes diferenciados, o estabelecimento entrega os pratos na residência dos clientes.

ChefsClub

Por uma assinatura mensal os clientes têm direito a descontos de 30% a 50% nos pratos dos restaurantes credenciados. Bebidas e sobremesas não estão inclusas no benefício. Para lançar a startup no Brasil, os empreendedores tiveram um aporte de R$ 200 mil de um investidor anjo. Novas rodadas se seguiram durante 2012 e 2013 e até o momento o ChefsClub já recebeu R$ 1,8 milhão.

iCode

A startup lançou no mercado um serviço de tradução de cardápios via código QR.

Munchery

A rede de delivery de comida saudável que já entregou mais de 275 mil refeições - todas elas manuseadas e preparadas por chefs recrutados de renomados estabelecimentos da região de São Francisco - criou um aplicativo para iOS que permite aos clientes fazer alterações de última hora nos pedidos, mesmo depois de terem sido expedidos.

myfab5

O site e aplicativo americano substitui todos os comentários tradicionais em serviços de avaliação de restaurantes por um sistema de classificação, em que o usuário escolhe seus cinco restaurantes favoritos em cada categoria e localização.

Plated

Cofundada por Nick Taranto e Josh Hix, a startup americana promete entregar na casa do cliente uma refeição de chef com ingredientes frescos e locais.

Restorando

A startup argentina de reservas em restaurantes, com atuação também no Brasil, recebeu recentemente um aporte de R$ 30 milhões para expandir suas operações por aqui.

Savored

Dan Leahy e Ben McKean lançaram o site logo após concluírem a faculdade na Universidade Georgetown (EUA). A plataforma que permite fazer reservas e pagar preços baixos em grandes restaurantes foi comprada pelo Groupon

 

Fonte : Revista PEGN