06/12/2013 - Confraternizações elevam faturamento em mais de 30%

CLIPPING - NOTICIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAIS

A proximidade do final do ano aquece o comércio alimentício e há casos de bares e restaurantes espalhados pelo País que veem seu movimento até dobrar no mês de dezembro. Para fidelizar cada vez mais os clientes - principalmente os corporativos -, empresas apostam em cardápios especiais e preços diferenciados.

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a previsão é de aumento no faturamento para o mês de dezembro entre 15% a 20%. Outro ponto destacado pela entidade é em relação ao aumento do número de funcionários no mês. Estima-se que a mão de obra temporária tenha incremento de 5%. "Esse período é muito importante para o setor, pois garante a reserva de caixa para o mês de janeiro, pois o movimento diminui cerca de 20% devido as férias escolares e a migração da população para o litoral", diz o presidente da associação, Joaquim Saraiva.

A Abrasel afirmou que entre os seus associados, a estratégia para atrair um número maior de consumidores está no cardápio diferenciado e no preço competitivo. Os restaurantes As Mineiras, o Big X Picanha e o Pira Grill, por exemplo, oferecem pacotes para o período que variam de R$ 22 a R$ 100, dependendo do número de pratos e de bebidas ofertadas.

Raimundo Rodrigues, chef do restaurante Le Jady's, em São Paulo, afirmou, em entrevista ao DCI, que a partir do dia 15 de dezembro começa efetivamente a procura por reservas para confraternizações. "O maior movimento começa na segunda semana de dezembro. Como estamos em uma região bem comercial (Rua Pamplona), muitas empresas nos procuram, após receberem autorização para fechar o pacote."

Rodrigues explicou a importância das festas de final de ano para os negócios, pois só neste mês de dezembro é possível alcançar um incremento de até 30% no faturamento. Sobre o reajuste nos preços dos pacotes, o especialista disse que não houve como segurar o reajuste: "Não conseguimos segurar. Tivemos de aumentar em cerca de 10% o valor das festas de confraternização", explicou. Segundo ele, o Le Jady's fecha, em média, contrato com 12 empresas diferentes. Para este ano, o pacote sairá a R$ 35 por pessoa, com cardápio específico.

Além das festas de confraternização, o Le Jady's oferecerá este ano ceias de Natal e Ano Novo. Quem quiser passar as festividades nos restaurantes deve desembolsar entre R$ 1.200 e R$ 1.800, sem bebidas inclusas.

Na churrascaria Fogo de Chão, com nove unidades no Brasil e mais de 20 nos Estados Unidos, as perspectivas também são positivas. Segundo o diretor financeiro e administrativo da Fogo de Chão no Brasil, Marcelo Macedo, não é apenas em dezembro que a churrascaria é procurada para eventos corporativos, apesar de ser um período forte. "Temos uma demanda por esse tipo de serviço o ano todo, tanto que, em nossos restaurantes temos salas especiais para isso", destacou.

Macedo explicou que a procura pela sala de eventos na Fogo de Chão começa no segunda quinzena de novembro e dura até 20 de dezembro. "O fluxo de confraternizações é maior neste período." O executivo explicou também que a estimativa da empresa é de que dezembro represente 20% do faturamento atual. Outro ponto destacado pelo diretor financeiro da rede no Brasil é o de que as festas de final de ano contratadas por grandes empresas, e até por famílias, fazem com que o faturamento dos restaurantes cresça 70% em dezembro. "Esses eventos são um bom impulsionador. Desde que eu trabalho aqui eles têm crescido", disse Macedo, que está no cargo há sete anos na rede Fogo de Chão.

Ainda conforme o executivo, nos Estados Unidos esse serviço funciona bem, mas com algumas particularidades. "Nos Estados Unidos temos índices parecidos com os do Brasil", explicou. Como não se pode mudar o cardápio, a Fogo de Chão oferece pacotes que custam de R$ 135 sem bebidas alcoólicas, e R$ 160 com bebidas alcoólicas nacionais.

Quem também aproveitará o espírito festivo do final de ano é a rede de franquias Croasonho, especializada na iguaria francesa croissant. Com uma nova unidade chegando à cidade de São Paulo ainda nesta semana, o que fará com que a marca some quatro operações, a Croasonho afirma ter planos de aproveitar justamente as festas de final de ano para ampliar os seus lucros.

A perspectiva da rede é a de um incremento de 10% a 15% com a ajuda da nova unidade da capital paulista. Uma das estratégias para divulgar a operação, e por consequência ampliar os ganhos, está na campanha de marketing promovida pela rede: 'Revele seu Amigo Secreto na Croasonho'.

"A promoção começou no dia 1º de dezembro e segue até dia 31. Grupos a partir de cinco pessoas ganham desconto de 10% no valor da conta", explicou ao DCI o diretor executivo da Croasonho, Gustavo Susin.

Fonte: Diário do Comércio, Indústria e Serviços - DCI