16/02/12 - Grupo Schincariol aposta na marca Devassa para as classes A e B

A cervejaria Schincariol quer ser para todos e, cada vez mais, para os consumidores de maior poder aquisitivo. Para ganhar espaço no eixo Rio-São Paulo, além da Região Sul do País e de Brasília, avança com o investimento na marca Devassa, originalmente um produto artesanal carioca, adquirido e lançado pela Schincariol no carnaval de 2010.

De olho em uma elite de consumidores que geram melhores margens de lucro, a cervejaria prossegue pelo terceiro ano consecutivo, em 2012, presente no Sambódromo, no Rio de Janeiro, ainda que para isso tenha gasto 15% mais do que no ano anterior. E ainda lança uma versão "Devassinha", lata de 269 ml, com embalagem especial, para concorrer com as líderes de mercado - Itaipava e Antártica, no Rio, e Skol e Brahma, em São Paulo. Tradicionalmente, as latas de cerveja contêm 355 ml.

A estratégia da Schincariol é atuar com produtos diferenciados tanto por mercados regionais, quanto pelo poder aquisitivo dos consumidores, embora seu carro-chefe ainda seja a cerveja Nova Schin, cujas vendas são concentradas na Região Nordeste e respondem por mais de 50% do faturamento da empresa. "Buscamos nichos. Caminhamos para a ampliação do consumo e o crescimento do portfólio", afirma o gerente da marca Devassa, Thiago Torelli. A cerveja é vendida apenas em pontos especiais e em casas próprias, instaladas nas Regiões Sul e Sudeste do País. Nos supermercados, chega na versão pilsen, a "Bem Loura".

 

Versões artesanais

Enquanto, as versões artesanais - as cervejas ruiva, loira, índia, sarará e negra, cada uma com característica própria - competem direto com a holandesa Heineken e a Stella Artois, também da Ambev, e são vendidas a preços cerca de trinta centavos superiores. No carnaval deste ano, o diferencial é o lançamento de 150 mil latas de 269 ml, a Devassinha, em uma embalagem especial. "O importante é ter a nossa marca nas geladeiras dos consumidores", contesta Torelli, complementando que o custo da embalagem não será repassado aos clientes finais.

A Schincariol está disposta a reduzir suas margens para avançar sobre a fatia mais nobre do mercado. "Depois do carnaval e do período de lançamento, iremos avaliar se continuaremos com esta embalagem", conta o executivo. A oferta de latas em versões reduzidas e embalagem especial exigiu investimento da empresa em sua fábrica em Itu (SP). Torelli não revela o valor.

 

Sambódromo

No camarote da Devassa, no Sambódromo do Rio, a ordem é persistir no conceito de democratização do consumo da cerveja. "A maior parte dos consumidores continua sendo masculina. Só que temos uma penetração maior entre as mulheres do que a média do mercado", revela o diretor de Marketing da Schincariol, Luiz Claudio Taya, referindo-se às vendas da Devassa.

Desta vez, no entanto, no lugar de uma garota-propaganda, a estrela será um homem, o idealizador e dono da revista masculina Playboy, Hugh Hefner, que chega à capital carioca no domingo, acompanhado de três "coelhinhas".

"É o homem que tem o lado Devassa mais aguçado do planeta. Nada melhor do que o homem que mais entende de mulher seja o principal personagem da campanha neste carnaval", como afirmou Taya.

 

Fonte: DCI