A proposta também obriga os estabelecimentos a informar sobre a presença de lactose e glúten nos alimentos

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados aprovou no final de setembro proposta que obriga restaurantes, lanchonetes, bares e confeitarias a informar o valor calórico dos alimentos comercializados em seus cardápios. Apesar de ainda não ser obrigatória, vários restaurantes já informam o valor calórico nos cardápios.

A proposta também obriga os estabelecimentos a informar sobre a presença de lactose e glúten nos alimentos. O texto determina ainda que as casas alertem o consumidor sobre os perigos do sobrepeso e da obesidade para a saúde humana. De acordo com a proposta aprovada, os estabelecimentos que não oferecem cardápios deverão afixar letreiro contendo as informações do valor calórico e a mensagem de alerta sobre o sobrepeso e a obesidade em local visível para o consumidor.

Já as casas que trabalham apenas com entrega de alimentos deverão colocar a informação nas embalagens das refeições ou porções vendidas. As informações sobre valor calórico dos alimentos e presença de lactose e glúten deverão ser elaboradas e assinadas por nutricionista inscrito no Conselho Regional da sua área de atuação. O texto já foi aprovado no Senado e agora tramita em caráter conclusivo. O projeto passará ainda pelas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


FonteVeja